2448

Pular para o conteúdo
Última atualização:
|
Prefeitura Municipal de
Dom Basílio

I Seminário de Sustentabilidade Econômica e Socioambiental do Consórcio da Bacia do Paramirim

29/11/2021 às 08h33

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Nesta quinta-feira (25), foi realizado pelo CDS Bacia do Paramirim, no município de Caturama — BA, o primeiro seminário voltado ao tema "sustentabilidade econômica e socioambiental". Na ocasião estiveram presentes prefeitos e secretários municipais da região, empresários do setor mineral e ambiental, agentes e especialistas em temáticas ambientalistas, representantes do Governo Estadual e membros do Ministério Público, como o Promotor Dr. Jailson Trindade Neves da Promotoria Ambiental de Justiça da Comarca de Guanambi, Bahia. "Esse é um desafio que pertence à sociedade e, em particular, as prefeituras e ao Ministério Público. Então nós temos que dar as mãos e dizer [...] que as nossas iniciativas, na verdade, são para fortalecer o meio ambiente", enfatizou o Promotor.

 

O evento foi aberto pelo Presidente do Consórcio e prefeito de Dom Basílio, Roberval de Cássia Meira, que ressaltou a importância de oportunizar palestras e debates com especialistas de renome sobre questões ambientais focadas no nicho municipal, além da transcendência do Consórcio no contexto socioambiental.

 

"Esse seminário foi uma ferramenta que o Consórcio promoveu com o intuito de dar publicidade e divulgar às suas ações nas mais diversas áreas, visto que esta entidade se trata de um órgão público multifinalitário, ou seja, ele trabalha com quase todas as políticas públicas, a exemplo de infraestrutura, meio ambiente, questões sociais e educacionais", concluiu o Presidente.

 

De acordo com o secretário executivo do CDS Bacia do Paramirim, Dr. Leonardo Costa, o seminário foi um divisor de águas na política de gerenciamento ambiental compartilhado no âmbito do território abrangido pelo Consórcio. Ele ainda ressalta que "os serviços ora prestados por esta instituição aos municípios dá condição a eles para exercerem as suas competências no licenciamento e na fiscalização ambiental de forma responsável e segura, tutelando o patrimônio ambiental natural da região sem perder de vistas a geração de riquezas, trabalho, renda e erradicação da pobreza". 

 

"A temática econômica, social e ambiental é exatamente o equilíbrio que temos buscado para desenvolver a região da Bacia do Paramirim",  disse Dr. Leonardo em referência ao tema escolhido para a conferência.